, ,

Lollapalooza Brasil 2014! Segundo dia.

19:49


Opa, e aí galera! Bom, no último post eu falei com vocês sobre minhas impressões de São Paulo e do meu primeiro dia no Lollapalooza Brasil 2014, nesse eu vou falar sobre meu segundo dia que foi o meu favorito do festival.


 Então, no segundo dia aconteceu alguma coisa que uma das baterias da minha câmera não carregou nada e a outra só um pouco, então eu tinha metade de uma bateria para o dia todo, mas enfim, eu e meu amigo decidimos sair bem cedo pra não pegarmos fila, já que ninguém que encontramos no MASP Sábado iria também no Domingo, então saímos do hostel as 10h, sem café da manhã, com fome e muito calor, fomos direto para o Autódromo e chegamos antes de abrirem os portões, o que me deixou bem feliz já que ambos queriamos ficar na grade do Apanhador Só que é uma banda incrível do Rio Grande do Sul com base em um "acústico-sucateiro" e fez um dos meus shows favoritos de todo o festival!


As bandas seguintes foram Brothers of Brazil, que é a dupla formada pelo Supla e seu irmão, e no mesmo horário estava rolando Raimundos em outro palco. Como tava muito calor e eu tava faminto, não parei para assistir nenhum. Comprei alguma coisa para comer e assisti uns 15 minutos de cada, de longe e na sombra.

Depois de muito tempo na sombra e roubando wi-fi dos chamados Espaços Ônix (áreas cobertas com pufes e wi-fi) espalhados pelo Autódromo, cheguei a tempo de ouvir as ultimas duas músicas do Johnny Marr. Não conhecia o trabalho solo dele mas descobri dias antes que ele era guitarrista dos Smiths, banda que eu gosto bastante, então eu tinha que ver um pouco e pra minha felicidade, quando cheguei ele estava no meio de How Soon is Now? e então, depois de um "This song is for you guys, from São Paulo, and nobody fucking else." ele terminou seu show fantásticamente com minha musica favorita, There is a Light that Never Goes Out


Direto do Johnny, voltamos para o Espaço Ônix que ficava bem pertinho do próprio palco Ônix para esperarmos o show do Vampire Weekend e bom, foi o show mais gostosinho de todos. Boa parte do show eu fiquei sozinho pois meus amigos tinham saido para chegar cedo no show do Phoenix, que era logo depois, e mesmo conhecendo pouco da Vampire, eu estava adorando o show, tava uma vibe muito gostosa, bastante dançante e como eu teria que encontrar o Léo(@leokazuya) e a Bárbara(@vaccin3s, denovo) logo depois, eu fiquei por lá e não me arrependo nem um pouco.

Como eu disse antes, minha câmera tinha pouca bateria então algumas fotos eu tirei com a câmera da Ana(que é a dona do @anakkina e marcamos de se ver no Autódromo, no segundo dia), como a do palco do Vampire Weekend e a da platéia. 


Depois do Vampire, me encontrei com o Léo e com a Bárbara e fomos correndo para os dois melhores shows, para mim. Corremos para o Jake Bugg e consequentemente para o New Order, que eram seguintes e eram no mesmo palco, e mesmo ainda faltando 1 hora pro show do Jake, queriamos um lugar bom, e deu certo. Não ficamos na grade mas ficamos bem perto, e foi ótimo. Eu estava com dois queridos enquanto assistia um dos meus cantores favoritos, ainda mais durante minhas favoritas, que são Broken e A Song About Love.


Na hora de New Order foi fantástico. Eu particularmente não conheço muito a banda em si, mas sei que foi formada originalmente pelos ex-integrantes da Joy Division, depois do suicídio do Ian, que é uma das bandas que mais gosto e é uma das favoritas da Bárbara, então eu e ela lutamos para chegar na grade enquanto o Léo ficou mais atrás. Eles começaram a tocar e eu fiquei completamente avulso, apenas acabando com os resquícios de bateria da minha câmera, até que a terceira música foi Transimission da Joy, o que me animou muitíssimo. Então eles não tocaram mais nenhuma da Joy até "terminarem" o show, que acompanhou os fogos de artifício de encerramento do Lollapalooza.


 Então depois de fogos e gritaria, a New Order voltou para o palco e fechou com duas musicas da Joy Division, Atmosphere e minha favorita Love Will Tear us Apart, o que foi fantástico pois uma das bandas que eu e a Bárbara mais gostamos fechou o festival com uma de nossas músicas favoritas .


Bom, essa foi a minha experiência com o Lollapalooza Brasil 2014 e eu juro que eu resumi o máximo que achei que deveria, mas é que me empolguei para falar desse dia, que foi meu favorito. Espero que tenham gostado do post, qualquer coisa deixem um comentário. Um abraço, Bruno.

Me acompanhe nas redes sociais:

Posts Relacionados

0 comentários

Translate

Follow by Email

Seguidores